quarta-feira , 11 dezembro 2019

Crime Ambiental

Moção de repúdio à inércia do governo federal quanto ao crime ambiental de derramamento de petróleo no Nordeste

A moção foi aprovada no 7° Congresso Estadual do PT Pernambuco, realizado no último domingo, dia 20.

Está em curso o mais grave e dramático crime ambiental já ocorrido no Brasil, de acordo com o Ibama, com o derrame de petróleo nos mares brasileiros. O petróleo atingiu todo o litoral do Nordeste, mas as consequências desastrosas desse crime apenas começaram.

A irresponsabilidade e incompetência do governo Bolsonaro, cancelando os comitês do plano de contingência de acidentes com óleo, negando cumprimento a esse mesmo plano, desarticulando e desmontando as empresas e políticas de controle e gestão ambiental se revela de forma criminosa, resultando em imensos prejuízos para o turismo, para a pesca mais principalmente com perdas incalculáveis na destruição do bioma marinho e estuarino do nosso litoral.

O Partido dos Trabalhadores, ao tempo em que denuncia esse crime de proporções dramáticas, sugere aos seus militantes e dirigentes participarem dos esforços e mobilizações coletivas para reduzir essas perdas, bem como a apoiar a população de pescadores, catadores de marisco e outras atividades profissionais afetadas por este acidente, inclusive para que busquem, através do Ministério Público e da Defensoria Pública, reparação de seus danos materiais e morais.

Conclama todos e todas parlamentares a se engajarem imediatamente na denúncia e na busca de solução para conter e mitigar esses danos, seja fazendo isso essa tribuna, propondo soluções exequíveis, como também formalizando denúncia junto aos órgãos competentes, para que esse crime tenha sua autoria identificada e responsabilizada civil e criminalmente.

Por fim, queremos que nossos DMs das cidades do litoral organizem com o DR atos e ações de mobilização de consciência política e ambiental no tratamento desse tema.