terça-feira , 15 outubro 2019

Lula Livre

Plenária Nacional Lula Livre será realizada, neste sábado, 21, com participação de pernambucanos

Com o objetivo de reunir membros dos comitês e entidades nacionais para fazer uma avaliação e traçar perspectivas sobre a campanha pela liberdade do ex-presidente Lula, será realizada em São Paulo, neste sábado, 21, das 9h às 18, no Sindicato dos Trabalhadores Metalúrgicos de São Paulo, a Plenária Nacional Lula Livre. De Recife, devem seguir Ana Gusmão e Klauber Teixeira, do Pedal Lula Livre, Bruno Uchôa, do Comitê Lula Livre do bairro de Casa Forte, além da secretária de Comunicação do PT Pernambuco, Sheila Oliveira. Todos irão representando os comitês populares Lula Livre, que organizam atividades permanentes da campanha no estado.

“Vamos levando os abaixo assinados pela libertação de Lula coletados nas atividades que realizamos. Estamos com uma expectativa de que esta plenária possa fortalecer as atividades dos comitês populares por que nossa determinação é permanecer nas ruas e na resistência até que Lula esteja livre, o que esperamos que seja o mais rápido possível”,  declarou Sheila Oliveira.

“Esse será um momento de balanço das atividades da campanha e elaboração das perspectivas e propostas para o próximo momento. Para que o debate possa fluir com maior dinamicidade, a participação acontecerá por meio de critérios de delegação”, aponta o documento de convocação.

Para João Pedro Stédile, “é um momento de escuta dos militantes que estão na campanha para verificar o que está dando certo e o que precisa ser melhorado.”

Contexto político

A defesa da liberdade de Lula está cada vez mais entrelaçada com os ataques ao Estado democrático de direito. Diante disso, o intuito é não isolar a campanha nela mesma ao participar de movimentos como o da educação, contra as queimadas na Amazônia, pró aposentadoria, etc.

“A prisão de Lula está relacionada ao momento que o país vive. É símbolo do cerceamento da democracia, da censura que tenta se instaurar na cultura, nas universidades e nas periferias.”, afirma Paulo Okamotto, presidente do Instituto Lula.

Programação

Das 9h às 9h30 – Credenciamento

Das 9h45 às 10h – Abertura e Intervenção artística

Na parte da manhã haverá um debate sobre o cenário político com a participação de Gleisi Hoffmann (PT), Juliano Medeiros (PSOL) e Luciana Santos (PCdoB)

Na parte da tarde, a plenária se dividirá em grupos temáticos sobre organização, finanças, mobilização, comunicação, cultura e juventude.

Após a realização dos grupos, o público volta ao plenário para encerrar os trabalhos.

Formas e perfil de participação

Segundo o Comitê, a indicação das representações deve corresponder aos seguintes critérios:

  • Cada organização de massa nacional terá cinco (5) representantes, nominalmente PT, PCdoB, PSOL, MST, MTST, CMP, CUT, CTB, Intersindical, MMM, Conen, Unegro, Contag, Fetraf, Via Campesina e UNE.
  • Cada estado terá cinco (5) delegados, que devem ser indicados em plenária estadual e devem contemplar organizações (partidos/movimentos/sindicatos) e comitês de militantes.
  • Cada organismo nacional com foco específico (Vigília de Curitiba, o consórcio da comunicação, o comitê de juventude, o fórum inter-religioso, articulações com paradas LGBTs, coletivo nacional do festival Lula Livre, articulação de juristas) terá 5 delegados, que devem ser indicados em reuniões amplas.
  • Entidades da sociedade civil representativas da sociedade de caráter nacional terão um representante cada uma.
  • As organizações de massa nacional e as entidades da sociedade civil devem indicar dirigentes para cumprir o papel de coordenação e construção da campanha nas instâncias das suas agremiações.
  • Os comitês estaduais devem indicar (I) coordenações dos comitês de militantes que têm tocado as atividades das campanhas e (II) dirigentes das principais organizações de massa que podem construir a campanha nos mais diversos setores da sociedade(C) Os fóruns nacionais da campanha devem indicar referências que possam conduzir a consolidação dos seus coletivos.

Inscrição

A pré-inscrição pode ser feita através do link http://bit.ly/2kjuyAY para que a secretaria possa garantir toda a estrutura necessária.

Serviço:

Plenária Nacional Lula Livre
Data: 21 de setembro
Horário: das 9h às 18h
Local: Sindicato dos Trabalhadores Metalúrgicos de São Paulo,
Palácio do Trabalhador,  Rua Galvão Bueno, 782, Liberdade, São Paulo -SP

Com informações da Agencia PT de Notícias
Foto: Mario Takeya – Lula Livre em Natal